Departamento de Metodologia de Ensino
  • Concurso Público Edital nº053/DDP/2018 – Educação/Métodos, Técnicas e Prática de Ensino de Língua Portuguesa e Literatura de Língua Portuguesa

    Publicado em 17/10/2018 às 18:13

    APROVADOS PROVA ESCRITA

    CRONOGRAMA AJUSTADO

     


  • Concurso Público Edital nº053/DDP/2018 – Educação/Ensino de Inglês

    Publicado em 01/10/2018 às 18:02

    APROVADOS NA PROVA ESCRITA
    CRONOGRAMA AJUSTADO


  • Concurso Público Edital nº053/DDP/2018 – Educação/Didática

    Publicado em 27/09/2018 às 13:44

    RESULTADO PROVA ESCRITA

    CRONOGRAMA AJUSTADO


  • Concurso Público Edital nº053/DDP/2018 – Educação/Ensino de Psicologia

    Publicado em 25/09/2018 às 14:02

    APROVADOS NA PROVA ESCRITA
    CRONOGRAMA AJUSTADO (retificado)


  • EM DEFESA DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO, DA EDUCAÇÃO, DA CIÊNCIA E DA CULTURA PÚBLICAS E PELA IMEDIATA REVOGAÇÃO DA EMENDA CONTITUCIONAL 95/2017

    Publicado em 04/09/2018 às 13:55

    O Colegiado do Departamento de Metodologia de Ensino do Centro de Ciências da Educação da Universidade Federal de Santa Catarina, composto por mais de setenta professores, lamenta profundamente a tragédia decorrente do incêndio ocorrido ontem no Museu Nacional, vinculado à Universidade Federal do Rio de Janeiro, e cobra do Governo Federal a imediata recomposição e ampliação do orçamento público das áreas sociais, em especial da educação, ciência e cultura segundo as necessidades de cada área.

    A irreparável e inestimável perda para a cultura e para o patrimônio científico do Brasil e do mundo decorrentes do incêndio ocorrido no Museu Nacional da UFRJ tem causas e responsáveis: os constantes cortes e contingenciamentos de recursos realizados por sucessivos governos. Mesmo com as constantes denúncias das universidades federais sobre a situação de gravíssima limitação orçamentária, o que limita o exercício pleno de seu papel social, a tragédia que poderia ter sido evitada ocorreu, em um contexto de piora acentuada da situação nos últimos quatro anos, quando as áreas sociais sofreram drástica redução orçamentária.

    O Museu Nacional, que completa seus 200 anos com ausência de investimento, havia resistido até este momento a uma degradação maior pelo trabalho de professores, servidores técnico-administrativos, pesquisadores, estudantes e comunidade que defendiam a necessidade de compreender a cultura, a educação e a ciência no Brasil como bases de desenvolvimento e justiça social, e neste processo identifica-se a inestimável contribuição do acervo e do trabalho do Museu.

    Os cortes orçamentários sofridos pelas instituições públicas aprofundaram-se com a vigência da Emenda Constitucional 95/2017. Também na UFSC os impactos são enormes, e ficam visíveis na redução orçamentária e nas péssimas condições de parte importante de suas instalações, como no Prédio A do Centro de Ciências da Educação e o Prédio do Centro de Ciências Físicas e Matemáticas, que constantemente apresentam incidentes que poderão gerar uma nova tragédia, como a ocorrida na UFRJ. Por isso, além de lamentar pelo ocorrido, compreendemos que é necessário evidenciar e denunciar as causas e avançar na organização para lutar pela ampliação de recursos públicos para a área de educação, ciência e cultura públicas.

    Concordamos plenamente com a nota da Reitoria da UFRJ, que afirma que “Este momento devastador deve ser um alerta para as forças democráticas do país, no sentido de preservação do patrimônio cultural da nação. O inadmissível acontecimento que afeta o Museu Nacional da UFRJ tem causas nitidamente identificáveis. Trata-se de um projeto de país que reduz às cinzas a nossa memória. Nós desejamos que a sociedade brasileira se mobilize junto à comunidade universitária e científica para ajudar a mudar o tratamento conferido à educação, à memória, à cultura e à ciência do Brasil.”

    Pela imediata revogação da EC 95/2017!

    Em defesa da educação, ciência e da cultura públicas!

     

    Florianópolis, 03 de setembro de 2018.


  • Nota de Repúdio

    Publicado em 22/08/2018 às 14:48

    O Departamento de Metodologia de Ensino (MEN) do Centro de Ciências da Educação (CED) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) manifesta repúdio à decisão que resulta em redução de recursos do orçamento federal de 2019 para os programas do Ministério da Educação direcionados à produção de Ciência e Tecnologia e formação de professores no país.

    Isso acarretará na suspensão do pagamento, a partir de agosto de 2019, de todos os bolsistas de mestrado, doutorado e pós-doutorado, acadêmicos de programas de pós-graduação no Brasil, atingindo mais de 93 mil discentes e pesquisadores. Por outro lado, estima-se que cerca de 105 mil bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) (Edital n° 7/2018), do Programa de Residência Pedagógica (Edital n° 7/2018) e do Programa Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor) (Edital nº 19/2018) também deixem de receber bolsas a partir da mesma data.

    Tais cortes causarão danos irreparáveis ao desenvolvimento científico, tecnológico e de formação de professores no país, e os resultados serão sentidos, de imediato por aqueles que estão envolvidos nas pesquisas e formações que dependem das bolsas para garantir sua sobrevivência e a médio e longo prazo pelo país, diante de um iminente “apagão” de cientistas e professores, o que incorre em riscos à soberania nacional e à autogestão da nação.

    Nós, colegiado acima nomeado, entendemos que a necessidade de revisão de tais arbitrariedades é urgentíssima e tais decisões claramente irresponsáveis devem ser revertidas.

    Não nos contentaremos em pagar pela má gestão dos recursos públicos.

     

     

    Departamento de Metodologia de Ensino/UFSC


  • NOTA DE REPÚDIO

    Publicado em 15/08/2018 às 14:12

    NOTA DE REPÚDIO

    MEN/CED/UFSC repudia toda e qualquer forma de perseguição, constrangimento ou assédio de ordem moral, política ou jurídica

    O colegiado do Departamento de Metodologia de Ensino do Centro de Ciências da Educação da Universidade Federal de Santa Catarina, reunido em 06 de agosto do corrente ano, decidiu se unir às manifestações emitidas pelos colegas do Departamento de Jornalismo (“Em defesa da liberdade de expressão e da autonomia universitária”), pela ANDIFES (“Universidade é lugar de conhecimento e liberdade”) e pela SBPC/SC (“SBPC-SC repudia tentativa de cerceamento da liberdade de expressão na UFSC”), visando ao estabelecimento do estado democrático e de direitos no nosso país.

    É preciso lembrar, praticar e ensinar que o processo da livre expressão de ideias e o debate de diferentes visões de mundo, de sociedade e de sujeitos coadunados com princípios republicanos são garantidos pela Constituição Brasileira e são condições fundamentais para a convivência pacífica, para a vida democrática e o desenvolvimento da ciência e da tecnologia.

    O MEN/CED/UFSC, ainda chocado com os processos que culminaram no suicídio do Magnífico Reitor Luís Carlos Cancellier de Olivo, repudia qualquer forma de perseguição, constrangimento ou assédio de ordem moral, política ou jurídica que venha coibir a livre expressão da instituição, de seus servidores e alunos.

    Florianópolis, 15 de agosto de 2018.


  • Processo Seletivo Simplificado

    Publicado em 11/06/2018 às 12:24

    Área/Subárea de conhecimento: Educação/Educação Matemática

    Processo: 23080.0033502/2018-15

    Nº de vagas: 01 (uma) vaga

    Regime de Trabalho: 20 (vinte) horas semanais

    Requisitos: Licenciatura em Matemática e Mestrado ou Doutorado em Educação, Educação Matemática, Ensino de Ciências e Matemática ou Educação Científica e Tecnológica.

    Edital

    PROGRAMA

    Homologação das Inscrições

    Cronograma

    Cronograma AJUSTADO

    Designação de Banca examinadora Processo Seletivo Ensino de matemática

    Portaria-Normativa-41-2013-GR

    RESULTADO FINAL


  • Processo Seletivo Simplificado

    Publicado em 11/04/2018 às 10:46

    Área/Subárea de conhecimento: Educação/Didática
    Processo: 23080.018339/2018-52
    Nº de vagas: 01 (uma) vaga
    Regime de Trabalho: 40 (quarenta) horas semanais
    Requisitos: Licenciatura em qualquer área e Doutorado em Educação.

    Edital
    Programa
    Portaria-Normativa-41-2013-GR
    Homologação das inscrições
    Designação da Banca Examinadora
    Cronograma (1ª etapa PROVA ESCRITA)
    Aprovados na prova escrita
    Cronograma AJUSTADO
    Resultado final


  • Processo Seletivo Simplificado

    Publicado em 19/03/2018 às 16:58

    Processo Seletivo Simplificado para contratação de Professor por tempo determinado – Edital-29-DDP-2018

     

    Área/Subárea de conhecimento: Ensino de Biologia
    Processo: 23080.013962/2018-19
    Nº de vagas: 01 (uma) vaga
    Regime de Trabalho: 40 (quarenta) horas semanais
    Requisitos: Licenciatura em Ciências Biológicas e Mestrado ou Doutorado em Educação ou Ensino de
    Ciências ou Educação Científica e Tecnológica

    Programa
    Portaria-Normativa-41-2013-GR
    Cronograma Ajustado
    Resultado Final